quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Vou me mudar para Acapulco. O que tem lá? Na realidade nem sei, mas foi o primeiro lugar que me veio na cabeça quando não achava solução para o desânimo e a vontade de ir pra longe.
Acapulco parece um lugar legal, do tipo sonoro, como quando alguém te pergunta: Mas pra onde tu vai mesmo?
A-C-A-P-U-L-C-O
O que tem lá?
Se a sua cara for de "taxo" a minha também será. Se a sua cara for de reprovação pela minha ignorância, a minha será de espanto por ter faltado a algumas aulas de geografia.
Mas enfim, Acapulco deve ter praia, ou deve ser uma praia...mesmo eu não sendo muito fã de praia, tem dias que ficar sozinha sentada na areia me parece uma boa idéia.
Como aquelas fotos que vemos as pessoas segurando os joelhos, cabelos ao vento e o olhar compenetrado no mar. Era assim que me via hoje, de tênis, segurando os meus joelhos e pensando que depois teria que lavar o cabelo :S
Porque disto? Porque não dá pra ser feliz e contente o tempo inteiro, porque não dá pra se amar o tempo inteiro, porque nem um chocolate resolve todos os problemas o tempo inteiro. E a vontade de ir pra longe parece ser a solução mais imediata e eficaz possível.
Será que resolve mesmo? Não sei...minha Acapulco fica há 5 minutos de casa e tem uma gata pra me fazer companhia...mas aqui me acho, com pessoas virtuais, amores passados, louça suja e uma cama enorme que sempre me lembra que vim para esse mundo sozinha...minhas dores são minhas e se eu fosse para uma Acapulco de verdade, teria que olhar para outras pessoas e teria que dar o tão temido "Olá" que não queremos dar quando ficar isolado parece a única solução.
É, Acapulco parece ser um lugar interessante, mesmo que seja só em sonhos, ou na minha ilusão de que sentar na areia vai resolver todos os meus problemas e que encontrarei respostas para dúvidas que ainda nem tenho. O fato é que sentar na areia só me traria coçeiras, mesmo que nas fotos pareça ser algo bem charmoso.
Desisto.
Vou pra casa mesmo, lá tem aquela cama enorme, uma gata, louça suja, mas tem um clima só meu, coisas só minhas, tenho fotos, lembranças, paredes só minhas. Lá não tem o mar, a brisa, mas tem uns cantos que só eu conheço, tem uns tesouros que só eu sei onde encontrar. Minha Acapulco é bem interessante. Posso lá não encontrar todas as respostas, mas com certeza poderei sentar na minha areia imaginária de calcinha e sutiã sem riscos do tão temido "olá".

Um comentário:

Lizzy disse...

prima....acapulco e o lugar onde o chaves passou as ferias.....
Mas confesso que prefiro o aconchego da sua casa que ainda naum conheço....a sua cama grande que ainda naum deitei....
pq talvez la algum sossego posso encontrar q apenas em sonho pude realizar....Xiamo minha acapulco.