quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

As horas

As contamos?
Ou contamos com elas?

E se perco as horas?
Também me perco?

Espero por horas que nem lembro mais
Só dos acontecimentos.

Se decido conta-las
Me desespero
Parece que não passa
E então eu apelo.

Fecho os olhos
Rezo
Torço
Me quebro.

Mas elas continuam a passar
Sem meu acelerador imaginário
E eu me conformo
Não tem outro jeito.

(13/11/07)

Um comentário:

Katiuscia (Tutu) disse...

Ba amei essa ;D beijão amor saudade